16 mar, 2022

Piscinas naturais de Garapuá, na Bahia

As piscinas naturais de Garapuá ficam em um dos povoados da Ilha de Tinharé, onde também ficam Morro de São Paulo e Boipeba. São um paraíso: águas quentes, cristalinas e uma orla de coqueiros e areias brancas. Vem ver as dicas de como chegar até lá!

Piscinas naturais de Garapuá

Só em vídeo pra mostrar o quão incríveis são as cores e paisagens desse lugar:

Como chegar nas piscinas naturais de Garapuá saindo de Boipeba

Das últimas duas vezes em que visitamos Garapuá saímos de Boipeba. O passeio é feito de barco, e em 2022 pagamos R$ 165 por pessoa para ir e voltar direto pra lá.

Se a maré estiver baixa em torno de 12h, o passeio sai umas 9h30 e volta umas 15h30. Enquanto a maré está baixa é possível ficar nas piscinas. Quando a maré sobre, o barco te leva até a praia, onde existem vários restaurantes.

Da última vez que fomos vimos que dá pra fazer esse passeio a pé ou de bicicleta. São mais de 10km, vale perguntar nas agências ou na pousada sobre. 🙂

Como chegar nas piscinas naturais de Garapuá saindo de Morro de São Paulo

Da primeira vez em que visitamos Garapuá saímos de Morro de São Paulo. Existe a opção do passeio de barco ou de 4×4. Escolhemos ir de carro.

O lugar de onde saem os carros para o passeio se chama “Terminal”. Fica em uma rua atrás da segunda praia, bem pertinho do centro e super fácil de chegar.

passeio de 4x4 em garapuá

Comprando diretamente no Terminal, o valor foi de R$ 140 o casal (2016). Tínhamos olhado em algumas agências e o preço era de R$ 180, então preferimos ir por conta própria. Os próprios motoristas alugam snorkel por R$ 10 o dia todo.

O passeio saiu em torno de 10h30 e voltou umas 16h. A viagem é com emoção: muita areia e a gente pulando na traseira do 4×4 loucamente. Demora uns 40 minutos pra chegar.

No passeio, já está incluso o barco que leva da praia até as piscinas no meio do mar. O barco te deixa nos bares flutuantes e fica em torno de 2h por lá.

As piscinas naturais de Garapuá

Ao chegar nas piscinas, os barcos ancoram perto dos bares flutuantes e você pode ir andando pelas dezenas de piscinas ao redor dele.

piscinas de garapuá

Uma dúvida que eu tinha antes de ir é se as piscinas dão pé em relação a profundidade, mas dá pra andar tranquilamente na maré baixa e até quando a maré enche mais.

piscinas de garapuá

É possível ver os peixinhos até sem mergulhar. A cor da água é INACREDITÁVEL!

piscinas de garapuá

Tínhamos visto algo perto disso na Península de Maraú, mas em Garapuá foi a primeira vez que mergulhamos com snorkel e vimos tantos peixes diferentes. 

piscinas de garapuá

Vale MUITO a pena. É uma das praias mais lindas que já fomos.

piscinas de garapuá

A praia de Garapuá

A enseada de Garapuá te deixa maravilhado assim que você chega: é uma praia extensa, de areias brancas e coqueiros. A água é azul esverdeada, quente e transparente.

garapua

A praia com a maré mais cheia fica assim:

praia de garapuá

Praia do Encanto (ou quinta praia)

Na volta, se você for de carro, o passeio para por uma meia hora na Praia do Encanto (ou quinta praia, seguindo a ordem das praias de Morro de São Paulo).

Praia do Encanto (ou quinta praia)

Chegamos no final da tarde e a maré estava bem cheia. A praia é rasa e com ondas fraquinhas, então dá pra ir andando bem pra dentro do mar. A água, como todas as outras, é super quentinha. Há um resort nessa praia e a lanchonete/restaurante dele é o único lugar próximo.

Há também um manguezal em uma das pontas da praia. Vimos que tem um passeio com guia pelo manguezal que parece muito bonito, vale perguntar nos restaurantes 🙂

Praia do Encanto (ou quinta praia)

Veja também:

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário