21 Jul, 2021

Diamantina: dicas de passeios e cachoeiras

Diamantina fica a mais ou menos 4h horas de Belo Horizonte e é uma cidade história tradicional de Minas Gerais. Vem com a gente ver onde se hospedar e quais atrações diferentes a cidade oferece, como passeio em vinícolas e o Parque Estadual de Biribiri.

Como nossa visita à Diamantina foi durante a pandemia de Covid-19, infelizmente não conseguimos aproveitar várias atrações da cidade. Pretendemos voltar em uma época melhor!

Parque Estadual do Biribiri

Um dos atrativos de Diamantina é o Parque do Biribiri, imperdível pra quem curte cachoeiras!

Parque Estadual do Biribiri

O acesso é muito fácil: veja como chegar no Parque do Biribiri e quais cachoeiras conhecer.

Caminhada pelo centro histórico de Diamantina

Em uma caminhada de algumas horas é possível passar pelos principais pontos turístico do Centro Histórico da cidade, como a Casa de JK, o Museu dos Diamantes, a casa de Chica da Silva, o Mercado Velho a Rua da Quitanda, o Beco do Mota, o Passadiço da Casa da Glória e as muitas igrejas.

Passadiço da Casa da Glória Diamantina
Passadiço da Casa da Glória

Também existem muitos museus mas, como disse, estavam fechados devido à pandemia.

centro histórico de Diamantina

Pôr-do-sol no Cruzeiro da Serra

O Cruzeiro da Serra proporciona uma vista incrível de Diamantina. Veja como chegar aqui.

Pôr-do-sol no Cruzeiro da Serra Diamantina

A dica é ir no horário do pôr-do-sol, a paisagem é imperdível. Vimos algumas pessoas que montaram praticamente um piquenique pra assistir ao espetáculo!

Pôr-do-sol no Cruzeiro da Serra Diamantina

Gruta do Salitre

A Gruta do Salitre fica a 9km do centro de Diamantina. É uma gruta esculpida em rochas quartzíticas e parece uma catedral gótica vista de longe. Pesquisando depois que visitei, dizem que o local tem uma acústica perfeita e que vários espetáculos de música já foram feitos ali. Deve ser lindo!

Gruta do Salitre

O caminho até a gruta é bem sinalizado, em trechos com escada tem corrimão. O “salão’ principal é cercado de paredões. Nós não chegamos a entrar em nenhuma gruta “coberta” mesmo.

Gruta do Salitre

Confesso que, no dia em que fomos, só estávamos nós dois no lugar. A paisagem da gruta isolada, dos ecos e dos sons que estávamos ouvindo era quase fantasmagórica. Ficamos só um pouco – por insistência minha – e, na volta, começamos a ouvir risos e falas de crianças. É claro que pensei que já estávamos ouvindo coisas e não íamos encontrar ninguém por lá kkk. Depois de andar um pouco mais cruzamos com as tais crianças (reais) e mais pessoas. A dica é ir acompanhada(o)!

Vinícolas em Diamantina

Descobrimos nessa viagem que existem algumas vinícolas nos arredores de Diamantina. Não conseguimos visitar pois estavam fechadas devido à pandemia, mas acreditamos que é um ótimo passeio para os amantes de vinho!

Algumas vinícolas que encontramos:

Fabricação de queijo em Diamantina

Diamantina e Serro, cidade próxima, produzem alguns dos mais famosos queijos de Minas. Na Fazenda Braúnas é possível visitar a fabricação e fazer uma degustação! Também não conseguimos ir devido a pandemia, mas se você visitar, conta pra gente nos comentários como foi!

Contato: Queijo Braúnas

Vesperata de Diamantina

A Vesperata, uma apresentação musical que acontece à noite ao ar livre, é uma das atrações mais famosas de Diamantina. Por conta da pandemia, não está sendo realizada.

Confira as datas das próximas apresentações.

vesperata diamantina
Créditos: Turismo Minas Gerais

Garimpo Real em Diamantina

O Garimpo Real oferece uma experiência de vivenciar o processo do garimpo. Durante o passeio, é possível conversar com os trabalhadores (o garimpo é todo manual), ouvir “causos”, aprender sobre as técnicas e manusear os equipamentos. O local fica próximo ao aeroporto de Diamantina.

garimpo real atração diamantina
Créditos: Garimpo Real

Airbnb em Diamantina

Nos hospedamos pelo Airbnb no Chalé Diamantina. O chalé fica nos fundos de uma propriedade que tem várias casas em construção. Apesar da entrada não ser a mais bonita (tô contando aqui pra você não se assustar), o chalé é uma gracinha, muito bem equipado e decorado. As pessoas que nos receberam também foram muito solícitas.

Chalé Diamantina Airbnb
Créditos: Chalé Diamantina

Fica bem localizado, conseguimos ir a pé pro centro histórico em uns 10 minutos. Tem cozinha com todos os utensílios, área para churrasco, quarto e banheiro com tudo funcionando também. O único porém é que, por ser muito frio e úmido, o quarto estava com um leve cheiro de mofo. =/

Como chegar em Diamantina

Para chegar em Diamantina, saindo de Belo Horizonte, pegamos a BR 040 sentido Sete Lagoas, depois seguimos por Cordisburgo, Curvelo e Gouveia. São mais ou menos 300km.

A estrada é maravilhosa, quando chegamos próximos a Diamantina os paredões de pedra e o cerrado formaram uma paisagem única.

Como chegar em Diamantina

Tem várias cidades próximas a Diamantina que queremos visitar em breve também: Serro, Milho Verde, Santo Antônio do Itambém… se você já visitou alguma delas, deixe as dicas pra gente aqui nos comentários!

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário